Uma boa estratégia de pricing pode fazer uma grande diferença, garantindo mais competitividade e sucesso para um supermercadista. 

No entanto, nem todos os gestores aplicam estratégias de pricing e muitos dos que fazem, ainda assim, não fazem da forma correta. 

Por isso, a seguir vamos entender como definir a melhor forma de coletar preços para seu supermercado, hipermercado, atacado ou atacarejo, este que é um dos primeiros passos em uma estratégia de precificação, visando garantir mais assertividade na tomada de decisões e lucratividade para o negócio. 

Primeiro, quem são os concorrentes que você irá coletar preços? 

Antes de fazer a coleta de preços você precisa definir quem são seus concorrentes, principalmente aqueles que influenciam diretamente na decisão de compra dos seus clientes. 

Ou seja: geralmente aqueles varejistas do mesmo porte e região que você, que possuem sortimento de produtos parecidos e que conseguem “roubar” seus clientes. 

Estes você precisa acompanhar de perto e, assim, criar uma estratégia de precificação inteligente e assertiva para conseguir ser sempre competitivo. 

Em outro post anterior, onde falamos sobre concorrentes diretos e indiretos, mencionamos 3 passos importantes para fazer uma análise de concorrentes assertiva. Abaixo trouxemos um resumo que pode te ajudar neste momento. 

3 passos para uma análise de concorrentes assertiva 

Conheça sua realidade 

Faça uma análise da sua situação atual, quais os objetivos, onde estão seus pontos fortes e fracos e, claro, saiba quais produtos e serviços você oferece, desse jeito, será possível identificar na concorrência os pontos que você precisa investigar. 

Conheça seus concorrentes 

Faça uma lista das empresas concorrentes que possuem características semelhantes ou idênticas comparadas com a sua, depois, identificando se são concorrentes diretos ou indiretos. 

Pontue características fortes e fracas de cada empresa. Atente-se ao preço ofertado, pontos de venda, pós-venda, a forma como a marca comunica-se com os clientes e etc. 

Mantenha-se um passo à frente 

Assim, com todas estas informações em mãos, é hora de analisar os dados e identificar as oportunidades e ameaças ao seu negócio, e planejar ações para estar sempre um passo à frente. 

Inclusive suas estratégias de pricing podem seguir esta premissa. A partir do momento que você entende como o concorrente age, é possível desenvolver ações para se diferenciar e ter vantagens. 

Que produtos devem ter coleta de preço? 

Agora que você já sabe quais concorrentes pesquisar, é importante definir quais produtos serão acompanhados. 

É importante ficar de olho naqueles produtos mais sensíveis, que tem sua variação de preço mais facilmente notada pelos consumidores. 

Além disso, é essencial dar uma importância maior para aqueles itens que impactam de maneira mais representativa a margem de vendas e a lucratividade. 

Afinal, não adianta fazer coleta de preços e rebaixar preços de produtos em um produto que não tem alto volume de vendas, nem de lucratividade, exceto por uma estratégia muito bem definida. 

Produtos de “fundo de sortimento”, que não são tão sensíveis ao preço ou que possuem baixo ticket médio ou volume de vendas, podem ter seu preço formado de maneira mais simples, usando preços médios ou monitoramento menos frequente. 

Como coletar preços de maneira assertiva? 

Com os primeiros passos concluídos, é só pegar papel e caneta e ir até a gôndola anotar os preços dos produtos, certo? Não! Para fazer uma coleta de preços assertiva é necessário bastante experiência e a ajuda da tecnologia para facilitar o trabalho. 

Tenha auxílio da tecnologia neste processo 

Se o processo de coleta de preços for feito manualmente, será necessário, na maioria das vezes, ainda passar estar informações para um meio digital, pelo menos uma planilha ou software básico, para que estas informações fiquem armazenadas.  

Agora, imagine fazer isso com centenas de itens, sendo que alguns deles, como batata, tomate, cebola, mudam de preço todos os dias. Quando a informação sobre o preço destes itens chegar ao tomador de decisões, responsável pela estratégia de pricing, o valor já estará defasado e as ações não surtirão o efeito desejado. 

É interessante também usar a tecnologia para tirar fotos dos pontos de venda, dos produtos e dos valores presentes em gôndola. Claro que hoje isso pode ser feito por qualquer pessoa com celular, no entanto, existem softwares especializados, que podem ser instalados em smartphones e tablets e já fazem a coleta das fotos, o tratamento dos dados e facilitam todo esse processo. 

Conte com profissionais qualificados para fazer a coleta de preços 

Para fazer uma coleta de preços, não basta apenas mandar um funcionário na concorrência. Primeiro, porque se o concorrente notar que seu funcionário está lá para fazer coleta de preços, pode dificultar este trabalho. 

Além disso, o dia de coleta também influencia. Se a coleta for feita em um dia de feirão do concorrente, por exemplo, a pesquisa irá retornar com muito mais itens com preços promocionais. 

Mais que isso, o profissional que fará a pesquisa de preços na concorrência deverá ter um know-how sobre o assunto, para entender as diversas situações que podem ocorrer durante a coleta destes dados. 

Por exemplo: precisa estar atento com produtos que possuem preço diferenciado por estarem em oferta, terem condições de preços especiais para vendas no atacado ou para quem possui programa de fidelidade, etc. 

Sem o cuidado ao analisar estes detalhes, a coleta de preços pode trazer uma realidade incompleta, pautando a decisão do gestor de forma equivocada. 

E neste setor varejista você sabe, qualquer centavo a mais ou a menos pode fazer uma diferença enorme na lucratividade. 

A melhor forma de garantir uma coleta de preços assertiva e lucrativa 

Se você deseja coletar preços de maneira eficiente, para poder tomar as melhores decisões para seu negócio, conte com o suporte da Profit+. 

Você receberá informações atualizadas das pesquisas realizadas sob medida em seus concorrentes por nossa equipe em campo, através de sistemas de busca on-line ou até como cliente-oculto. 

Todos os nossos métodos de coleta de dados são seguros e gerenciados por analistas que garantem a qualidade das informações e imagens coletadas com o auxílio de sistemas de análise. 

Nós também disponibilizamos o Pricepoint, o software mais completo e moderno de inteligência de pricing do varejo, que conta com funcionalidades baseadas em conceitos, parâmetros e regras experimentadas na prática! 

Fale com nosso consultor e comece agora mesmo a mudar o futuro competitivo e financeiro do seu negócio! 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.